Pensando na ressocialização e no fortalecimento de vínculos afetivos, a equipe do Casep de Caçador percebeu a importância de desenvolver, junto aos adolescentes da Unidade, um trabalho voltado aos cuidados com os animais. A terapia assistida por animais (TAA) é um instrumento para trabalhar a ressocialização do adolescente.

Neste sentido, o Casep de Caçador recebeu nesta semana e apresentou aos adolescentes a nova mascote da Unidade, Maria Olívia, uma pequena coelha.

O método consiste na promoção do bem estar físico, emocional, cognitivo e social, se tornando uma ligação entre a equipe técnica e os adolescentes. A inocência dos animais, que não apresentam riscos ou perigos à pessoa, destaca a receptividade do adolescente no contato com o coelho.

Atitudes como o cuidado, o zelo e o alimentar também podem ser alinhados com a responsabilidade, sensibilidade, interação social, tratando da importância de pensar no outro, nas boas ações e reações, somadas à satisfação do coelho após ser alimentado com verduras, oferecidas pelo adolescente e cultivadas na horta da própria Unidade.

Outro benefício proporcionado ao adolescente privado de liberdade é o relacionamento, o contato com o animal, um fator externo novo que poderá contribuir no alívio do estresse e controle da ansiedade, além do controle da pressão arterial e frequência cardíaca.

Por fim, é importante destacar que todos os funcionários da Unidade participarão ativamente dos cuidados com a pequena mascote, compartilhando com os adolescentes valores que muitas vezes são esquecidos na infância, podendo assim resgatar a ludicidade e estimular a responsabilidade de suas ações.

Casep Caçador Terapia com animais

DEASE - Departamento de Administração Socioeducativa

Rua Fúlvio Aducci, 1214 – 2º Andar – Estreito
Florianópolis - SC - CEP 88.075-000 - Fone: (48) 3664-5800
Horário de Atendimento: 12h às 19h
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com